Sobre a artista

Nasci em Curitiba,  numa família de artesãos. Estudei Artes Plásticas na Faculdade de Artes do Paraná e desde então trabalho como ilustradora independente no meu estúdio na cidade de Curitiba. Aprendi a trabalhar com as mãos olhando meu pai na marcenaria as voltas com formões, serrotes, martelos e madeiras de todas as cores e cheiros. Vi móveis serem criados de modo artesanal e aprendi a admirar essa maneira de construir a vida. Dentro de casa, minha mãe tricota blusas, cachecóis e sapatinhos entrelaçada a lãs de espessuras, texturas e cores infinitas.  Um luxo só!
Amo muito o que eu faço. Adoro a natureza, gosto de cozinhar, viajar, praticar esportes, estudar música, enfim muitas coisas. Tenho boas lembranças da minha infância, principalmente das tardes que eu passava desenhando. Hoje, minhas tardes continuam do mesmo jeito...Desenhar, desenhar e desenhar...Portanto, não consigo  lembrar me quando decidi ser uma artista profissional, mas isso foi tudo o que eu realmente quis fazer.
Sinto-me grata por ter herdado o mesmo dom artístico que os meus pais. E por isso, desenhar é a minha declaração de amor a eles e a vida. 


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Você se lembra da aparência da sua primeira ilustração? Você ainda o tem?
Sim, era uma vaca que eu desenhava e redesenhava várias vezes e vendia. Não tenho nenhuma
cópia, infelizmente.

Você estudou arte na escola?
Sim, no ensino médio. Meu colégio tinha uma escola de artes em anexo ao prédio do colégio,
que eu frequentava no contra turno durante 4 anos. Depois, estudei artes plásticas em uma
universidade chamada Fap-Pr, hoje Unespar Campus 1.

De onde vem sua inspiração e seu impulso para fazer arte?
Eu faço arte porque me faz sentir esperançosa, feliz e viva. Mas também faço arte porque quero
esperança e felicidade para você também! Minhas ilustrações estão fortemente ligadas
a força da natureza, tenho predileção pelos animais. Amo as árvores, flores, insetos e pássaros.
Muitas cores!
Além disso gosto de viajar para ver a natureza e lugares diferentes, pessoas diferentes, história e
cultura. Tudo o que eu crio é para fazer com que você sinta-se bem. Também para inspirá-lo a
viver a sua melhor versão e viver os seus sonhos.
Lembre-se sempre que nós somos o nosso maior desafio e que você importa e tens permissão para
se sentir bem. O mundo precisa de você cheio de amor e alegria!

Temas de busca
Natureza
Autoconhecimento e autodesenvolvimento
Espiritualidade
Bem estar

Como descreveria o processo de criação de arte?
Eu tenho idéias e elas ficam na minha mente maturando por vários dias, meses as vezes anos.
Até que tem o tempo dela se manifestar e então sou só um canal de manifestação.
Às vezes, eu coloco materiais como fotos, roupas, plantas, etc., dependendo do projeto. Eu adoro
usar Pinterest. Continuo com esboços e, finalmente, com cores.

Você tem um artista favorito?
Não. Gosto de muitos estilos e artistas.

Se você pudesse fazer outra coisa, além de criar arte, qual seria?
Tocar flauta transversal em uma orquestra ou ser turista em tempo integral, algo com yoga talvez.

Se você pudesse dar pistas ao espectador para entender sua arte, o que você diria?
Não pense, apenas sinta.

Por que a arte interessa a você? Por que isso deveria importar para o mundo?
A arte é cultura e cultura define uma sociedade civilizada. Esse é o motivo mais importante
para protegê-la.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
#alessandratozi
#florajardim
#eueflorajardim